Erro 1 – Foto no currículo = Tenha muito cuidado ao colocar uma foto no currículo. Você pode achar que isso é apenas um detalhe, mas falamos com certeza que isso pode ser a barreira para seu currículo não ser nem lido por um recrutador.

Fotos são essenciais para vagas em que a aparência é relevante. Ex: de recepção, vendas em shopping, promotor de eventos, etc.

Se você não está buscando nenhuma oportunidade desse tipo NÃO precisa usar foto no currículo.

Erro 2- Objetivo mal detalhado = Antes de escrever qualquer coisa você precisa definir seu objetivo profissional, porque não há nada mais chato para o recrutador do que ler um objetivo sem objetivo ou não encontrar o que a pessoa busca. Ex: Falar o que quer encontrar na empresa ou tudo que fez na vida não é objetivo.

Se você trabalhou em muitas atividades diferentes precisa escolher a atividade que quer se candidatar para direcionar seu objetivo para um cargo e vaga específica. Nesse caso você pode criar mais de um currículo e mudar os objetivos, para direcioná-lo á oportunidade.

Erro 3- Ausência de Palavras chaves = Recrutadores buscam sempre palavras chaves, pois nem sempre compreendem tecnicamente a posição que estão trabalhando. Com isso, currículos sem palavras chaves não facilitam o entendimento do recrutador e ele pode facilmente descarta-lo. Ex: Se você está se candidatando em uma vaga de programador precisa colocar quais linguagens de programação você domina. Se esta se candidatando a uma vaga de assistente financeiro e não coloca os sistemas e ferramentas que tem experiência, provavelmente perderá a chance de ter o currículo escolhido.

Erro 4- Experiências mal descritas= As experiências precisam ser bem detalhadas e ter ligação com o seu objetivo. Ex: Se você se candidata a uma vaga de assistente de vendas e não explica de forma objetiva as atividades que desenvolveu para esta função, o recrutador não entenderá que você é um candidato para a posição que ele tem na empresa.

Os cargos tem descrições de atividades diferentes de empresa para empresa, por isso é importante detalhar as atividades e o tempo em que você exerceu a função.

Erro 5 – Excesso de informação = Os recrutadores recebem milhões de currículos por dia e não tem condições de ler conteúdos extensos, por isso é importante selecionar o que é relevante no currículo para a função que esta se candidatando e usar os pontos que já mencionamos anteriormente. Ex: Contar toda a sua história de vida não vai ajudar na hora do recrutador escolher o seu currículo. Por isso, duas páginas são mais que suficientes para você elaborar seu currículo profissional.

Erro 6- Capacitação mal explicada = Falar sobre sua formação acadêmica, técnica, cursos profissionalizantes e demais cursos é de suma importância, mas requer cuidado e objetividade.

Ex: Toda capacitação citada no currículo deve constar o nome do curso, a duração e a instituição. Pode conter uma breve descrição. Não caia na pegadinha de incluir um curso ultrapassado só para aumentar a quantidade de cursos (datilografia, por exemplo). Outra saia justa é colocar idioma básico ou mentir sobre o nível de conhecimento.

Todas as informações que você colocar no documento devem ser verdadeiras. Lembre-se que tudo poderá ser testado.

Erro 7- Formatação exagerada= Muitas pessoas utilizam todas as dicas anteriores, mas pecam no momento de usar fontes, cores ou mesmo palavras com erros de português. Por isso, se você usou todas as dicas anteriores e não tem segurança sobre a formatação peça ajuda de um amigo para ler e revisar o seu currículo.

Preparamos um modelo de currículo vencedor para você usar e obter sucesso. Basta clicar no link para baixar: http://bit.ly/26C60Bo

Temos certeza que seguindo essas dicas você construirá um currículo de sucesso para os recrutadores.

Não se esqueça: Foco na carreira!

 

Escrito por: Joice Vicente e Daniele Brasil

Sócias da empresa Carreira em Movimento: www.carreira.vc

Coaches de Carreira e Especialistas em Gestão de Pessoas.