A análise comportamental como ferramenta para o sucesso

É inegável que para alcançarmos o sucesso em qualquer esfera de nossa vida precisamos nos conhecer melhor. Como autoconhecimento não é tarefa simples precisamos, muitas vezes, recorrer a pessoas, livros, profissionais e ferramentas para contribuir com esse processo.

Vou comentar um pouco aqui sobre a ferramenta de análise comportamental, por ser pouco conhecida e tão importante atualmente.

Em toda a minha trajetória profissional com RH e Consultoria profissional tive contato com a metodologia DISC, na qual me aprofundei e fiz duas formações em analista comportamental. Hoje é uma das ferramentas que se destaca no meu trabalho de coaching e assessoria de carreira, justamente por traduzir os principais pontos do perfil de uma pessoa, o que é importante para um gestor ou empresa, e contribuir com o tão buscado autoconhecimento.

A metodologia DISC foi criada pelo psicólogo americano William Marston, no início dos anos 20, para explicar os estilos comportamentais dos indivíduos dentro de quatro fatores: dominância, influência, estabilidade e conformidade.

Na terminologia do DISC o comportamento é definido como sendo o somatório dos diversos estilos de respostas de uma pessoa a estímulos variados.

Marston buscava entender as respostas emocionais das pessoas, para explicar que todos nós podemos ser mais felizes e ter sucesso se exercermos atividades adequadas ao nosso perfil comportamental.

Por isso, a metodologia internacional DISC é utilizada atualmente para orientação de carreira e vocação, recrutamento e seleção de profissionais, mapeamento de líderes e desenvolvimento pessoal e profissional como um todo.

O retorno que eu tenho das pessoas após a análise comportamental é fantástico. Porque quando entendemos nossos comportamentos passamos a entender porque e como fazemos as coisas nos dia a dia, o que nos permite aproveitar melhor nossos pontos fortes, ter mais liderança e consequentemente alcançar mais resultados.

Dentro de um contexto organizacional, a maioria das pessoas são contratadas por conhecimentos e habilidades técnicas, mas são desligadas por seus comportamentos ou por não se adaptarem ao perfil e cultura do cargo e empresa.

A partir do momento que conhecemos o nosso perfil passamos a entender onde nos encaixamos melhor ou mesmo como podemos melhorar relacionamentos e comunicação, entendendo que as pessoas são diferentes.

E como o mapeamento de perfil é situacional temos a oportunidade de desenvolver novos comportamentos ao longo de nossas experiências na vida.

Existem muitos fornecedores atualmente e é importante escolher empresas conhecidas e que tem uma boa reputação no mercado, principalmente pelas pesquisas e confiabilidade no relatório em que apresenta. E claro, escolher profissionais treinados e com a certificação em análise comportamental. Assim tenho certeza que sua experiência será transformadora e que você receberá um inventário incrível sobre o seu perfil, o que de fato contribuirá para o seu sucesso.

Estou a disposição para conversar com você sobre esse tema e sobre outras ferramentas que podem contribuir com o seu sucesso!

Foco na carreira!